quarta-feira, setembro 7

Aqui mesmo, que é o meu lugar.

Tive um momento de iluminação existencial na madrugada passada. Nada místico.
Simplesmente consegui enxergar algo em mim mesma e na minha vida que se encontrava, digamos, velado. (ê, heideggeriana...)

Estava exilada de mim mesma e de uma conexão autêntica, orgânica, essencial com a vida há 14 anos.
Estava (estou ainda, de certa forma) morta para o mundo há mais de 4, quase cinco. Anos.

Nenhum comentário: