terça-feira, julho 17

Da série: Os psis? pfff...

Como ainda estou em Brasília - e sem data prevista de volta para o Rio -, tive de arrumar um médico aqui conveniado ao meu plano de saúde. Na área próxima à casa da minha mãe, só há uma opção. Marquei e fui. Pois o médico-zé-mané (nem vem, doutor é quem tem doutorado), além da cara-de-pau de fazer uma primeira consulta de seis minutos (que mundo é esse?!), deu-me a receita com posologia, dose, blablablá, assinada e carimbada, e esqueceu-se de um mero detalhe: o nome do remédio. inacreditável.

Nenhum comentário: